Este vem para aqui

Posted: Junho 3, 2009 in estórias

Já há dois textos no irmão blog aqui ao lado, mas acho, acho… que a estória da Valéria merece ficar no mania. Portanto, aqui vai ele e divirtam-se.

HPIM3625

A sessão de leitura
A cegonha ficou tão admirada com a biblioteca que resolveu desafiar a tartaruga.
– Ó tartaruga, tive uma ideia brilhante! Podíamos convidar os animais nossos amigos para uma sessão especial de leitura, aqui na tua biblioteca. Que te parece?
– Não sei… como é que vamos fazer?
– Podemos pôr os convites nas folhas das árvores e chamar o pombo-correio para os ir distribuir.
-Que bela ideia! Acho que agora, e só desta vez, concordo contigo. – disse a cegonha.
Quando o pombo-correio voltou disse:
– Desculpe D. Tartaruga, mas nenhum dos animais estava disponível. Uns estavam a fazer o jantar, outros a tentar adormecer os bebés, e alguns tinham vontade de beber água das sanitas!!!!
– Não faz mal, dá-me os convites que eu vou entregá-los a todos. – disse a tartaruga sentindo-se infeliz.
No dia seguinte, a tartaruga estava chateadíssima com a cegonha que não a ajudou a entregar os convites.
Quando a cegonha encontrou a tartaruga esta perguntou:
– Então os convites?
– Os convites? Quais convites? Eu já os distribuí na noite passada, até às três da manhã!!! Não sabes como estou cansada!
– Desculpa, eu esqueci-me que andavas devagar e não pensei que o fizesses sozinha.
– Está bem, deixa lá. Vamos fazer a sessão de leitura?
Valéria

A sessão de leitura

A cegonha ficou tão admirada com a biblioteca que resolveu desafiar a tartaruga.
– Ó tartaruga, tive uma ideia brilhante! Podíamos convidar os animais nossos amigos para uma sessão especial de leitura, aqui na tua biblioteca. Que te parece?
– Não sei… como é que vamos fazer?
– Podemos pôr os convites nas folhas das árvores e chamar o pombo-correio para os ir distribuir.
-Que bela ideia! Acho que agora, e só desta vez, concordo contigo. – disse a cegonha.
Quando o pombo-correio voltou disse:
– Desculpe D. Tartaruga, mas nenhum dos animais estava disponível. Uns estavam a fazer o jantar, outros a tentar adormecer os bebés, e alguns tinham vontade de beber água das sanitas!!!!
– Não faz mal, dá-me os convites que eu vou entregá-los a todos. – disse a tartaruga sentindo-se infeliz.
No dia seguinte, a tartaruga estava chateadíssima com a cegonha que não a ajudou a entregar os convites.
Quando a cegonha encontrou a tartaruga esta perguntou:
– Então os convites?
– Os convites? Quais convites? Eu já os distribuí na noite passada, até às três da manhã!!! Não sabes como estou cansada!
– Desculpa, eu esqueci-me que andavas devagar e não pensei que o fizesses sozinha.
– Está bem, deixa lá. Vamos fazer a sessão de leitura?

Valéria
Comentários
  1. Clelia diz:

    Adorei o nosso blog do 4 ano.Está mesmo muito bonito, a professora Ana e a professora Lliana fizeram um bom trabalho.É pena ainda nao haverem estórias acho mas tenho a certeza que este blog ainda vai ficar mais bonito.
    Ainda temos muitos meses para isto ficar ainda mais bonito e é tudo o que tenho para dizer, por isso txau e até segunda beijinhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s