Dia do Mar

Posted: Junho 16, 2009 in Festas e Comemorações

Mar,
Metade da minha alma é feita de maresia.

Sophia de Mello Breyner Andresen

Que me desculpe o MAR pela omissão.
Que me desculpem as ondas a rebentar na areia, o grito das gaivotas ao amanhecer, que me desculpem as sereias e os navios negreiros sepultados no meio dos corais.

Ontem, 15 de Junho, foi Dia do Mar e não fica bem esquecer isso.
Atrasada mas nem por isso menos sincera, a homenagem fica na forma duma obra do escritor José Fanha: (clica no título e delicia-te com o conteúdo)
O Dia em que o Mar Desapareceu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s